Ave Maria





Amados Filhos,



Que as bênçãos do amor tragam paz aos vossos corpos, mentes e corações.

O outono se aproxima lentamente no hemisfério sul de vosso planeta, trazendo com ele o início de um novo ciclo da vida, ciclo este que se reflete, transparente, na manifestação de toda a natureza.

O que percebeis no outono, bem amados?

Flores que murcham, folhas que caem em abundância, frutos que liberam suas sementes para que elas iniciem a preparação de um novo ciclo, descansando no inverno para germinar na primavera como novas manifestações da vida.

O que acontece na natureza, amados acontece também em vossas vidas!

Este é o momento em que se aproxima o outono dos Filhos da Terra, e ele é o tempo propício para deixar que o velho se desprenda de vós, reconhecendo que o velho¿é tudo aquilo que não tem mais utilidade para vossas evoluções.

Sabeis que vosso planeta atinge já uma freqüência mais sutil de vibração, e esse fato inquestionável exige de vós sutilizar vossas vibrações, para que todos os sintomas desconfortáveis revelados por vossos corpos neste tempo sejam transformados, devolvendo-vos o equilíbrio necessário para que possais vos sentir novamente saudáveis em todos os níveis.

Toda a gama de desconforto que ocorre em vossos corpos nada mais é do que o resultado de vossa teimosia em não deixar o velho partir, em segurar todos os objetos de vossas conquistas sem vos dar conta de que muitos deles nada mais são, no hoje, do que um enorme peso em vossas vidas.

A vida é renovação, amados, e tudo que faz parte de vossas vidas precisa ser renovado, eis que tudo obedece à lei universal de transformação que rege vossas evoluções.

Como crescer, amados, se a vossa jornada exige cada vez mais transparência e vós continuais teimando em carregar pensamentos, fatos, pessoas, situações que já não fazem qualquer sentido, mas que continuam em vossas vidas acrescentando camadas e mais camadas de energia densa que se agregam a vossos corpos não permitindo assim que possais seguir em frente, e nem reconhecer as novas oportunidades que vos são ofertadas em um mundo onde tudo que é material começa a perder prioridade em detrimento de valores mais elevados, aqueles valores para o qual a humanidade desperta e a que nominais de valores espirituais.

Deixai, pois de reter tudo que chega para vós, sem medo, deixando emergir a consciência de que tudo aquilo que vos pertence por direito divino a vós chegará se abrirdes espaço para que o novo permeie vossos corpos e vossos corações.

A humanidade se depara hoje com a visão de um novo caminho, o caminho do coração, e este caminho que se abre - para vos permitir resgatar o equilíbrio de vossas mentes com vossos corações - só pode ser reconhecido e trabalhado por aqueles que não temem o novo e não se apegam mais ao velho, eis que sabem que não existe transformação sem a liberação das velhas experiências, pois reconhecem que elas cumpriram seu papel no tempo certo em que emergiram com a missão de oferecer a cada um a oportunidade de escolher.

Vossas vidas foram construídas conforme as escolhas de cada momento de vossos passados, e para que o futuro possa vos trazer a felicidade tão almejada é preciso entregar o passado, resgatando, no presente, a sabedoria que ele vos ofertou mostrando-vos que os equívocos outrora cometidos podem ser evitados agora se as lições foram verdadeiramente compreendidas.

Bem amados, que a visão de uma linda tarde de outono que retorna agora às vossas mentes, e que trazem a imagem das folhas das árvores sendo varridas pelo vento, possa vos ajudar a perceber que as velhas folhas que contém os registros de vossa longa história e que insistis em ainda manter dobradas em vossas vidas - precisam ser entregues aos ventos que trazem com ele o sopro da renovação, da nova vida, do novo momento, do renascer que vos aguarda se resgatardes a compreensão do que sois parte do todo e vivenciais vossas jornadas também em ciclos, que não precisam mais repetir as mesmas histórias eis que a consciência do significado de cada uma já está disponível nos corações de todos vós.

Bem amados, que vossas orações alimentem vossa clareza para que possais enxergar o que está concluído em vossas vidas, deixando ir, como se vão as folhas que caem no outono, para que o caminho a ser trilhado seja despojado de todo o lixo acumulado até agora, permitindo-vos resgatar a segurança para enfrentardes novos desafios.

Bem amados, Eu vos deixo agora derramando sobre todos vós as minhas bênçãos, e envolvendo a todos no meu manto de proteção porque Eu Sou Maria, Vossa Mãe.



Sp-06/02/07-jmr

Mensagem de Mãe Maria04-2007




Por Débora Sanches
Deixe seu Comentário:

Terça-feira, Fevereiro 06, 2007



Amados Filhos,



Que as bênçãos do amor tragam paz aos vossos corpos, mentes e corações.

Os horizontes se alargam para os Filhos da Terra, dando-vos a oportunidade de vislumbrar uma nova forma de viver.

Viver para servir.

O verdadeiro serviço não diz respeito à servidão, a subserviência, a submissão.

O verdadeiro servir é o estado de total liberdade e desapego em que o ser humano enxerga no outro a face infinita do Pai.

Servir pressupõe entrega, total e irrestrita, ao divino que habita em vós, e que é a mesma expressão da Luz que habita tudo que vos cerca.

Servir, esse é o passo decisivo que necessita ser dado por todos vós para que possais mergulhar em um estado de completude onde tudo é perfeição.

É tempo de vossos olhos enxergarem a perfeição que vos cerca, é tempo de vossos ouvidos absorverem a perfeição que vem dos sons liberados pela natureza, é tempo de reconhecerdes que o toque de vossas mãos é sagrado eis que contém a perfeição do Pai, é tempo de reconhecerdes quanto do sagrado pode ser resgatado por vós quando vossos pés repousam o solo de lugares que detém a sabedoria dos justos, que já trilharam a mesma rota que hoje é oferecida a vós.

Buscai, pois o estado de pureza que vos permita reconhecer a necessidade premente de servir ao Criador, começando por servir a vós, ao Deus que habita vosso templo sagrado vosso corpo - e que alimenta a Chama Trina latente em vossos corações.

A purificação de todos os pensamentos, ações e sentimentos que alimentaram a solidez do vosso egoísmo precisa, pois ser dissolvida neste tempo, permitindo-vos iniciar um novo estágio na preparação do estado tão sonhado e acalentado por todos vós, o ponto culminante desse processo em que, como humanidade, estais mergulhados há muitas vidas, vossa ascensão a uma das muitas moradas do Pai, a morada onde reina a unidade absoluta, a paz plena e o amor incondicional entre todas as formas de vida.

Purificar exige empenho, paciência, determinação e consciência; exige de vós a aceitação do que verdadeiramente sois neste instante de vossas evoluções, e exige fé em vossa perfeição, fé no divino que habita vossos corações, fé de que as múltiplas experiências por que passastes ao longo de vossas encarnações tiveram uma única finalidade: trazer-vos a este momento onde tendes a oportunidade única de reconhecer-vos verdadeiramente como Filhos de Deus que detêm a possibilidade de escolher retornar a Casa do Pai por seus próprios méritos, por seus atos conscientes, por suas virtudes manifestadas com solidariedade, amor e compaixão.

Bem amados, a vida exige de vós neste tempo um tremendo esforço e total empenho no trabalho de purificação de vossos corpos.

Para tanto, a vida vos fornece todos os instrumentos e oportunidades de concretizardes vosso propósito.

Aceitai, pois o que a vida vos oferta sem julgar, sem questionar, sem vos revoltar.

Procurai o sentido maior de todas as experiências por que tendes passado colocando-vos não mais na posição de vítimas, mas sim de um servidor do Pai, um servidor da perfeição.

Esse é o primeiro passo para a entrega, eis que a entrega pressupõe dois momentos: acreditar no Divino que habita em vosso ser e agir como o Divino, como o Pai misericordioso atuaria em todas e em cada uma das situações que vivenciais em vosso aprendizado no mundo da ação.

Essa é a verdadeira entrega: crer no Divino e agir como o Divino.

O Pai não julga, o Pai não expressa atitudes egoístas, o Pai ama, incondicionalmente a tudo e a todos, o Pai só compartilha amor.

Colocai, pois o amor no espaço onde habita hoje o egoísmo, e colocai compreensão no lugar onde mora o julgamento.

Essa é a chave que abre o caminho para a purificação total e o servir integral, que vos devolvem o espaço sagrado onde vossa visão não tem mais limites e onde o caminho se torna plano e suave para o acesso ao estado de felicidade e amor incondicional.

Bem amados, nada mais está oculto a vós neste tempo.

O sagrado é visível, mas o caminho que vos leva de volta a ele precisa ser construído por cada Filho da Terra, com consciência, clareza, amor e compaixão.

Que vossas orações alimentem o sagrado, para que todos os vossos irmãos resgatem a fé e se nutram de determinação para também retornar ao estado pleno de felicidade.

Bem amados, Eu vos deixo agora derramando sobre todos vós as minhas bênçãos e envolvendo a todos no meu manto de proteção porque Eu Sou Maria, Vossa Mãe.



Sp-30/01/2007-jmr

Mensagem de Mãe Maria03-2007




Por Débora Sanches
Deixe seu Comentário:

Terça-feira, Janeiro 30, 2007



Amados Filhos,



Que as bênçãos do amor tragam paz aos vossos corpos, mentes e corações.

Novos caminhos se abrem neste ano de 2007 a todos os filhos da Terra, e novos rumos tomarão as vossas vidas se escolherdes aquele que vos leva de encontro à felicidade ofertada, hoje e sempre, pelo Pai Criador.

Novos desafios virão, novas expectativas, novos planos, projetos, novos sonhos já se delineiam em vossas mentes, e precisais buscar força no divino que existe em vós para que tudo possa ser concretizado em vossas vidas.

Não vos esqueçais, porém de olhar em vosso entorno para buscar interagir com o mundo que vos cerca, colocando em vossas ações o equilíbrio necessário que só a luz do Pai contém, para que possais não mais criar novas pendências em vossas vidas.

Onde existe equilíbrio, lembrai-vos, existe também a possibilidade da consolidação das vossas conquistas, conquistas que precisam ser partilhadas sempre, para que elas possam fazer sentido em vossas vidas.

O mundo precisa readquirir o sentido exato pelo qual foi criado por Deus-Pai Todo Poderoso, e para que isso aconteça é preciso que possais, como humanidade, resgatar o sentido supremo de vossas existências.

Olhai, pois com muita atenção para os planos que traçastes, para os projetos que elaborastes, olhai para todos os sonhos que projetastes em vossas mentes, para que possais transformar em realidade tão somente aqueles que não mais estão permeados com o sentimento egoísta daqueles que querem algo por mero capricho, sem nem ao menos se terem questionado o porquê.

É tempo de sonhar e concretizar o sonho maior, o sonho pelo qual aceitastes estar nesse mundo denso da matéria, o sonho de resgatar vossa herança divina onde todas as formas de vida novamente se irmanam, se reconhecem e se integram na energia amorosa que permite o revelar da verdadeira identidade de todos vós.

Contudo, para que isso aconteça, bem amados, vossos objetivos e conquistas não podem mais conter propósitos egoístas onde só interessa a vós satisfazer o vosso querer.

É preciso, pois perceber que vosso querer necessita harmonizar-se com o querer maior da divindade que faz pulsar e vibrar vossos corações; é preciso perceber também que esse querer maior é quem reconhece a verdadeira identidade de todos, das múltiplas partículas encarnadas em corpos físicos diferentes, mas que, em essência, são idênticas eis que todas contêm a perfeição do Criador.

Olhai, pois para o mundo, alimentando a vontade de não mais ver as diferenças, não mais acentuá-las, não mais nutri-las, mas sim de colocar vossa determinação para identificar a força que vos faz igual ao outro, mergulhando fundo na sabedoria que herdastes do Criador e que, neste tempo, se revela pela força da vossa vontade emergindo através de vossos corações para vossas mentes, as mentes que não mais separam, mas agregam, unificam e consolidam a manifestação da perfeição possível sim no mundo dual da terceira dimensão.

Bem amados, que esses poucos meses que antecedem o verdadeiro Ano Novo* possam ser por vós utilizados para rever vossos sonhos e vossas promessas de conquista para 2007, para que de todos eles permaneçam somente aqueles que buscam a unidade com o todo, buscam a consolidação da paz no mundo, buscam a expansão do amor incondicional e a revelação da abundância infinita que paulatinamente preencherá vossas vidas, anulando todas as faltas que vos fazem ainda infelizes, e que estão revestidas tão somente de ilusão.

Bem amados, que possais continuar trilhando o caminho da oração; que possais orar pelo ¿todo¿, e que possais através das orações gerar mais e mais poder, para que possais utilizá-lo no propósito da concretização da paz, da harmonia e da fraternidade no mundo que habitais nessa encarnação.

Bem amados, preparai-vos para muitas revelações neste ano, e que possais vos manter sempre centrados na luz emanada de vossos corações, para que a clareza dos justos permita-vos separar o joio do trigo, mantendo-vos no estado de serenidade e de esperança que nutre a certeza de que o Pai sempre está presente onde existe amor e compreensão.

Bem amados, Eu vos deixo agora derramando sobre todos vós as minhas bênçãos e envolvendo a todos no meu manto de proteção porque Eu Sou Maria, Vossa Mãe.



*Mãe Maria se refere ao Ano Novo astrológico que tem seu início em março.



Sp -16/01/07 jmr




Por Débora Sanches
Deixe seu Comentário:

Quarta-feira, Janeiro 17, 2007







Leia as mensagens anteriores
clique aqui

Home




Layout By Débora Sanches